Risco 66


Violência Domestica

 O desenho ilustra  os únicos sinais que deveriam ficar marcados no rosto e corpo, neste caso de uma mulher,  quando uma pessoa sofre um ataque de violência domestica.

Este tipo de violência domestica de nome amor não deixa nódoas negras, hematomas ou ferimentos a jorrar sangue, mas sim as marcas de beijos, muitos beijos, seriam as únicas marcas que ficariam gravadas numa pessoa, depois  desta  sofrer um tremendo  ataque por parte  do agressor.

No final  da agressão o atacante virasse para a vitima e diz: desculpa,  por ter sido tão violento, carinhoso contigo é por  te amar tanto,  a vitima sorri e agradece  tremenda violência e retribuiria o ataque.

Um ataque destes todos os dias nem que fosse só com um simples beijo, verdadeiro, claro, porque por detrás do beijo, interessam os sentimentos e as intenções, faz muito bem, um beijo faz o coração jovem novamente e apaga os anos, infelizmente as pessoas com o passar do tempo  esquecem e deixam de se beijar.

Domestic Violence

The drawing illustrates the only signs that should be marked on the face and body, in this case of a woman, when a person suffers an attack of domestic violence.

This type of domestic violence in name love, do not leaves bruises, wounds gushing blood, but the marks of kisses, many kisses, would be the only brands that would be recorded in a person, after this tremendous attack experience on the part of the aggressor.

At the end of the aggression the attacker turned to the victim and says: Sorry, for being so violent, affectionate with you, but I love you, the victim smiled and thanked tremendous violence and reciprocate the attack.


An attack of these every day, even if only with a simple kiss, a true kiss, of course, because behind the kiss, interested in the feelings and intentions, does very well, a kiss makes the heart young again and wipes out the years, unfortunately the people forget over time and stop kissing  each other.

Sem comentários:

Enviar um comentário